ECONÔMETRO

Economizados com os projetos da Comfort Lux
ACORDO DE PARIS E A ILUMINAÇÃO NATURAL 19/10/2016 | em : Sustentabilidade/Eficiência energética

ACORDO DE PARIS E A ILUMINAÇÃO NATURAL

Na 21ª Conferência das Partes (COP21) da UNFCCC, em Paris, realizada no final de 2015, foi adotado um novo acordo com o objetivo central de fortalecer a resposta global à ameaça da mudança do clima e de reforçar a capacidade dos países para lidar com os impactos decorrentes dessas mudanças.  

O compromisso dos países signatários é conter o aumento da temperatura média global para que esta não ultrapasse em mais de 2°C os níveis medidos no período pré-industrial. Há ainda esforços que buscam ir além: limitar essa elevação da temperatura a no máximo 1,5°C.

O Brasil ratificou sua participação no Acordo de Paris em setembro de 2016, o que significa que transformou em lei nacional o pacto firmado na COP 21. Na prática, o Brasil definiu com isso os seus próprios compromissos de redução de poluentes, chamados Contribuições Nacionalmente Determinadas (iNDC, na sigla em inglês).


Alguns dos objetivos da iNDC são:

- Reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 37% abaixo dos níveis de 2005, em 2025;

- Incentivar o uso de energias renováveis; e

- Reduzir o desmatamento com o manejo sustentável das florestas nativas.


ILUMINAÇÃO NATURAL E A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

A iluminação natural é uma fonte de energia barata e inesgotável, pois permite reduzir consideravelmente o consumo de energia elétrica através do desligamento das lâmpadas durante o dia, durante um período médio de 9 h, além de ser uma fonte renovável por depender exclusivamente da luz do sol, que é abundante e gratuita.

Para se ter uma ideia dos resultados ambientais e financeiros proporcionados pelas lentes prismáticas da Comfort Lux ao longo dos últimos 8 anos, disponibilizamos um econômetro em nosso site, que atualiza estas informações em tempo real. Até hoje, estima-se que a economia energética gerada pelas lentes prismáticas some quase 180.000 MWh. Como referência, tome o exemplo de uma residência cujo consumo mensal de energia elétrica é de 200 kWh/mês. Comparado com a economia gerada pelo Sistema Comfort Lux instalado em todo o Brasil, esta economia seria o equivalente ao consumo de 9.315 residências ao longo de 8 anos, ou de 74.520 residências ao longo de 12 meses.

Ao evitar a emissão de 290.000 TON de CO² para a atmosfera, a iluminação natural Comfort Lux também contribui para o equilíbrio climático do planeta. Esta mesma economia pode ainda ser medida em número de árvores de compensação, o que significa dizer que a economia de energia gerada teve efeito semelhante ao plantio de 1.841.146 árvores em 8 anos. Essa quantidade é o equivalente a 36,83 km² de árvores plantadas, ou 4.292 Maracanãs.

Na hora de avaliar investimentos que visem a redução de custos é importante também levar em consideração o impacto da sua empresa no equilíbrio do meio ambiente. Assumir ações que proporcionem sustentabilidade pode ser uma excelente forma de garantir o futuro do planeta e do seu próprio negócio.

Fontes: Departamento Comercial Comfort Lux, Ministério do Meio Ambiente, Palácio do Planalto, iNDC, Educação Pública




+55 51 3362-1680