ECONÔMETRO

Economizados com os projetos da Comfort Lux
Mais Luz, Menos Consumo - Case Comfort Lux na Revista Lumière Electric Ed. 245 17/10/2018 | em : Comfort Lux na mídia

Mais Luz, Menos Consumo - Case Comfort Lux na Revista Lumière Electric Ed. 245

A unidade-conceito da rede Fort Atacadista, localizada em Brusque (SC), foi concebida com sistemas de iluminação natural prismática e de iluminação LED, além de automação da dimerização dos pontos de luz.


Por Luciana Freitas

Supermercados, atacados e atacarejos, costumam re­ceber, diariamente, um grande fluxo de pessoas. Por conta disso, tais ambientes precisam estar muito bem iluminados, seja para atenderem a normas técnicas exigidas, seja para atraírem um número cada vez maior de consumidores, através de ambientes limpos e confortáveis.

Diversos estudos já comprovaram que locais bem iluminados e aconhegantes aumentam o tempo de permanência das pessoas, aumentando, consequentemente, o poder de compra. Por outro lado, há sempre a preocupação em economizar energia elétrica e reduzir custos operacionais, razão pela qual existe uma busca por soluções que aliem iluminação adequada com alta eficiência energética.

Face a essa necessidade, a nova unidade-conceito da rede Fort Atacadista — propriedade do Grupo Pereira —, localizada no municí­pio de Brusque, em Santa Catarina, foi concebida com a implantação de um sistema de iluminação natural prismática e de iluminação LED dimerizável, além da instalação de automação, ou dimeriza­ção dos LEDs, que permite que a iluminação seja controlada, sem intervenção humana, proporcionando uma economia de energia de até 60%, sustentabilidade ambiental e conforto luminoso.

A empresa fornecedora do sistema de iluminação natural prismática e automação da dimerização dos LEDs foi a Comfort Lux, que oferece, desde 2008, soluções em ilu­minação natural através de sistemas de lentes prismáticas a seus principais mercados de atuação, como centros de distri­buição, galpões, áreas industriais, supermercados e atacados.


ILUMINAÇÃO NATURAL PRISMÁTICA


A iluminação natural prismática oferece inúmeros benefícios. O primeiro deles é a economia de energia elétrica. Outra vanta­gem é a sustentabilidade, pois utiliza a luz solar para iluminar o ambiente (fonte de energia renovável). Por ser luz natural, pro­porciona um ambiente saudável e confortável ao olho humano (é sabido que locais com pouca luz natural são prejudiciais à saúde).

Além dos benefícios citados, é importante mencionar a bai­xíssima radiação nociva (IV, UV-A e UV-B), excelente definição de cores e contrastes, ilumina mesmo em dias nublados, pos­sui atrativa relação custo-benefício, compatível com áreas sem forro e com forro e dispensa reforços estruturais. “As lentes prismáticas utilizadas têm garantia de 10 anos contra ama­relamento e/o ressecamento”, destaca Luciano Langaro, ad­ministrador de empresas e diretor comercial da Comfort Lux.

O sistema de iluminação natural prismática instalado na loja de Brusque funciona da seguinte forma: as lentes pris­máticas, contendo milhares de prismas, realizam a difração da luz solar, conduzindo-a de forma difusa para o ambiente interno. Esse processo cria o efeito de espalhamento da luz, proporcionando uma iluminação natural confortável, com bai­xíssima radiação nociva (IV, UV-A e UV-B), excelente definição de cores e contrastes agradáveis ao olho humano. Na loja do Fort Atacadista Brusque, foram instalados 96 equipamen­tos Comfort Lux, modelo SD 4x8 (sem duto - 1,22 x 2,44m), diretamente nas telhas da cobertura. Esses equipamentos são compostos por duas lentes especiais em acrílico prismático, que captam a luz solar e, através de prismas óticos, fazem a filtragem dos raios ultravioleta, distribuindo a luz natural uniformemente no ambiente, sem abrir mão do conforto térmico. 

“O projeto foi realizado para atender a 700 lux médios de iluminância, sem necessidade de nenhuma outra fonte de iluminação ligada”, explica Langaro.

Esse sistema é indicado para áreas como supermercados, atacados, atacarejos, centros de distribuição, depósitos, home centers, galpões e prédios industriais.

O sistema foi instalado em toda a área de venda, onde justamente são recebidos todos os consumidores. “A ilumi­nação natural proporciona ambientes extremamente agra­dáveis e aumentam em muito o tempo de permanência das pessoas nesses locais, gerando mais venda”, comenta.

O projeto luminotécnico da unidade do Fort Atacadista, em Brusque, prevê o máximo de aproveitamento da luz natural; então, durante o dia, a maior fonte de iluminação se origina das lentes prismáticas, que atingem seu ápice entre 10h-16h, e quando há variação da luz solar, os LEDs são acionados de forma gradual e automática, proporcionando uma iluminação constante.


CONTROLE DE DIMERIZAÇÃO DOS LEDS


Dimerizar uma luminária LED significa permitir o trabalho do equi­pamento em potência reduzida, aumentando sua vida útil, gerando economia em espaços onde haja contribuição abundante da luz natural.

 A automação da dimerização permite que sejam programa­dos níveis de iluminação conforme a necessidade de cada am­biente. Desta forma, quando há variação na incidência de luz natural para um valor menor ao necessário, os LEDs são acio­nados gradativamente, podendo trabalhar à baixa potência.

O controle da dimerização dos LEDs utilizado na loja foi de­senvolvido para atuar especificamente junto ao uso de luminárias LED dimerizáveis; com ele, é possível automatizar a dimerização do sistema de iluminação por LED. O funcionamento do sistema acontece da seguinte forma: aciona automática e gradualmente as luminárias e controla o fluxo luminoso para compensar as varia­ções da iluminação natural prismática. Desta maneira, ao utilizar os dois sistemas, iluminação natural prismática e luminárias LED dimerizáveis, associadas ao controle de dimerização de LED, é possível ter redução no consumo de energia elétrica, aumento na vida útil das luminárias LED, sustentabilidade ambiental e conforto luminoso. “Esse sistema garante iluminação constante e totalmente independente da ação humana, com o máximo aproveitamento da luz solar e mínima utilização dos LEDs”, declara Langaro.

Para comprovar a eficácia do sistema autônomo de dimeri­zação, em março de 2016, técnicos independentes fizeram o acompanhamento do desempenho do Sistema de Controle da Dimerização, instalado na unidade-conceito da rede Fort Ataca­dista, que possui quase 6.000m2 de área de venda. No local, 96 lentes Comfort Lux e 153 luminárias LED de 135W, temperatura de cor de 5.700K, fluxo luminoso de 16.900 lúmens e IRC maior que 70% são responsáveis pela iluminação de toda a extensão.

A coleta de dados ocorreu entre os dias 13 a 25 de março de 2016, e verificou a economia de energia durante os períodos de operação da loja (07h – 22h). Foi constatado que a economia de energia elétrica gerada pelo desligamento dos LEDs, duran­te algumas horas do dia, atingiu 90%, chegando a uma média geral de economia de 60% da capacidade total instalada, fruto do trabalho conjunto da dimerização e da iluminação natural prismática Comfort Lux. Após constatação da eficácia dos siste­mas de iluminação na unidade conceito, a rede inaugurou mais oito, todas com sistemas de iluminação que contemplam con­juntamente a iluminação natural prismática, iluminação LED e o controle da dimerização dos LEDs. “A iniciativa de implantar um novo sistema de iluminação na loja partiu do próprio cliente, que buscava novas fontes de economia de energia sem abrir mão de uma ótima iluminação em suas lojas”, afirma Langaro.

Com a implantação do sistema completo, a economia de energia chegou a 57%, em comparação a uma mesma loja sem iluminação natural prismática e sem automação (com luzes acesas permanente­mente). O payback do investimento se deu em menos de dois anos.

No que se refere a tensões e a correntes harmônicas que, depen­dendo do sistema, podem trazer problemas para as instalações, o resultado dos testes demonstrou que o sistema de iluminação com LED e automação não geram harmônicas em número significativo.

Em relação ao fator de potência, os números apresenta­ram valores dentro da norma. Fator de potência = -0,967. Ou seja, o valor é característico como capacitivo de valor baixo. Este fato pode contribuir para a correção de fator de potência como um todo no sistema elétrico.

Conteúdo publicado originalmente na revista Lumière Electric, página 58. Clique aqui para ver a revista completa.




+55 51 3362-1680