ECONÔMETRO

Economizados com os projetos da Comfort Lux
Como Identificar uma Boa Iluminação? 05 Fatores que Influenciam a Sua Qualidade 20/01/2021 | em : Sustentabilidade/Eficiência energética, Iluminação Natural Prismática

Como Identificar uma Boa Iluminação? 05 Fatores que Influenciam a Sua Qualidade

Uma boa iluminação deve ser visualmente confortável, além de tornar o ambiente mais favorável ao desempenho visual das atividades, realçando as texturas com a reprodução de cores e contrastes adequados.

Em um local bem iluminado há menos fadiga, menor incidência de erros, redução de problemas com a visão e conforto visual - Essa é a descrição do Manual de Iluminação Eficiente da PROCEL, que orienta projetos de iluminação e indica detalhadamente os diferentes aspectos que compõe uma análise luminotécnica.

Primar por uma boa iluminação é essencial, pois o efeito de um ambiente mal iluminado pode ser bastante negativo para o bem-estar humano, além disso, pode ser o responsável por uma execução ineficiente ou perigosa das tarefas do dia a dia, aumentando o risco de acidentes.

A qualidade da iluminação de um ambiente pode ser medida levando em consideração os fatores luminotécnicos que a influenciam e que permitem definir se a luminosidade local é a ideal para as atividades ali desempenhadas.


Aspectos Fundamentais da Iluminação 

01 - Iluminância

O aspecto mais básico do projeto luminotécnico é o nível de iluminância, ou a quantidade resultante de luz, cuja unidade básica é o lux. Atualmente, há um consenso razoavelmente estável sobre os níveis de iluminância adequados a várias tarefas específicas, o que, no Brasil, deu origem à NBR 5413 – normativa da ABNT que indica níveis adequados de iluminância para cada tipo de ambiente e trabalho.


02 - Ofuscamento

O ofuscamento é provocado por fontes luminosas excessivamente brilhantes, e embora seja aspecto fundamental de um projeto luminotécnico, esse fator é frequentemente subestimado por profissionais inexperientes. Em níveis moderados, o ofuscamento é motivo de desconforto e estresse para os usuários de um espaço físico, mas no limite pode ser inclusive inibidor de tarefas.


03 - Uniformidade da iluminação

A distribuição adequada da iluminação é muito importante para evitar sombras acentuadas e assegurar o conforto e a segurança de certas atividades. O contraste excessivo produz desconforto e agitação, enquanto sombras em demasia dificultam a percepção tridimensional de objetos, tornando mais difícil a sua identificação.


04 - Reprodução de cores

O Índice de Reprodução de Cores (IRC) é um valor percentual que mostra o quanto uma determinada luz permite visualizar cores com precisão, considerando a luz do sol como referência de qualidade. Esta escala varia de 0 a 100, sendo 100 a nota máxima de qualidade na reprodução decores.


05 - Tonalidade ou temperatura de cor

A temperatura de cor expressa a aparência da luz. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais branca é a luz. A “luz quente” (aparência amarelada) possui temperatura de cor baixa (até 3000 K), enquanto a “luz fria” possui temperatura de cor elevada (acima de 6000 K). A “luz branca natural” é aquela emitida pelo sol em céu aberto ao meio-dia, cuja temperatura de cor é de 5800 K. A iluminação natural (luz branca natural) proporciona ambientes mais agradáveis.


Tecnologia Comfort Lux – Sistemas de Iluminação Eficientes

A Comfort Lux desenvolve e realiza projetos de iluminação que combinam o melhor da luz natural com a tecnologia e eficiência do LED. Além de maior conforto e bem-estar, nossos sistemas de iluminação entregam máxima eficiência energética, contribuindo para a economia e sustentabilidade das edificações.

Conheça os nossos sistemas de iluminação: Comfort Lux SD/CD, Comfort Linea, Comfort LED, Automação dos LEDs. 




+55 51 3362-1680